. esquizopoiética .

.

sem territorio - senhor do labirinto 14

eu vejo tudo de cabeça pra baixo…

não sei se foi o mundo que virou

ou se fui eu que comecei

a pensar com os pés

e a andar com a cabeça…

 

as vezes acho que meus rins doem no ouvido…

sem territorio - senhor do labirinto 3

deve ser a garganta que virou umbigo…

costuro minha boca algumas vezes por dia,

principalmente quando escuto o que não quero pelos cotovelos…

 

sem territorio - senhor do labirinto 7

tenho poucos dentes e artérias no cabelo…

 a faringe no lugar da coluna…

e em mim todas as palavras são iguais…

vísceras dando textura…

que nem as rimas

que em minha loucura se faz….

me escrevo o tempo todo no espelho1215883794748_f

e essa tinta tem o cheiro de entranhas

estranhas palavras,

estranhas…

fluindo a navegar pelo

ar líquido das veias,

.

*

. Texto e fotografias por Sem território .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s