.
estava onde sempre esteve, ensimesmo. ansiava deslocar-se de si.
resolveu descascar, extinguir-se em camadas.
deixou-se de molho por dias, até a pele enfim soltar.
vísceras puseram-se a mostra, ficou pleno pelado, exposto, posto em si.
vislumbrou a pele esparramada ao redor, casca oca, disfarce disforme.
a tudo brutalmente sentindo sem o refinamento da epiderme.
entranhas estranhavam o toque áspero do ar que esbarrava.
aproximara-se de si ao revés. também habitava seu avesso.
adentrava-se ao esvaziar-se?

resolveu arriscar. reduziu o intestino pela metade, arrancou um lado do pulmão, extraiu baço, rim, córnea, uma ou outra articulação.
percebeu-se cérebro e coração. e ainda braço, tronco e mão, para o caso de querer desligar a pulsação.
quando mais se encurtava, mais se concentrava, como se a alma tivesse que se encolher para caber no que restava.

pôs-se a cutucar cérebro. cada beliscão, uma explosão. algum membro que não mais existia se contorcia, o dedão do pé ausente tremia, cheiro de infância ressurgia, nublava, chovia, coçava, ardia. a mente resgatava tudo que não mais havia.

hesitou.
pararia coração, encerraria veias ventilação.
mente sufocaria e alma desnutriria.

ausente de visão, nó cego deu na artéria.
energia restante bombeou bambeando, sinapse entrou em ápice.
o último estímulo nervoso relaxou.

luz, sombra, escuridão.
e, agora, ainda havia?

ausente de tudo, nada. nadava ainda em si.
plenamente, sem mente.
como nunca e sempre.
chorou sem olhos, estremeceu sem cérebro, pulsando presença ausente de bomba-coração.

tendeu a negar, mas entendeu.
abraçou-se sem braços e lhe disse mudo,
enfim,
sim

.
*
. Poesia e fotografia de capa por: Helder D. Santana .
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s