.

sobre ser as várias sombras de si mesmo

dividir-se inventando divisões ilusórias de tempo.

e de tempo em tempo

ir fluindo em territórios de silêncios, leveza e movimento

permanecendo em i.m.p.e.r.m.a.n.e.n.c.i.a.s.

tendo o ser como o verbo mais contraditório que invento

.

Sem território.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s